quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Pies Descalzos, sueños blacos


Depois de sentir novamente o frio típico do inverno (fez 3 graus na semana passada aqui em Buenos Aires), colocar meus pés na água num calor de 30 graus -em que meu all star era como uma prisão- foi um dos pequenos prazeres da minha lista infinita de coisas simples que me fazem feliz...

Além disso, pude comprovar que a teoria da Jú de não repetir países é furada. A cidade que eu visitei nessa segunda não era a mesma que visitiei em junho de 2005 na minha primeira visita ao Uruguai. Se no frio Colônia é linda, no calor é apaixonante. Molhar os pés no Rio de Prata e passear por suas ruazinhas no sol que vai até às 21h é ainda mais gostoso que tomar um vinho comendo uma tábua de frios num dia invernal.

Ou talvez seja essa alegria da chegada do calor que me deixou tão feliz.

Meu ponto é: a primeira vez nem sempre é a mais impactante! Por isso, não deixem nunca de experimentar a segunda, a terceira, a quarta... eu pelo menos garanto que não foi minha última visita!

Um comentário:

Felipe disse...

Esse dia foi muito bom, né? Cidade linda, praia (!!!!!!), sanduíche bom, susto com o preço do táxi (em pesos uruguaios), aquele pôr-do-sol sensacional.

Bendita a hora em que você teve a idéia de ir pra lá. Agora já sabe onde pode pegar sol, sem ter que ir para a muvuca de Mal del Plata. ;)

Beijão.