sábado, 16 de fevereiro de 2008

"Eu quero uma casa na praia..."


Nossa! Quantos dias sem postar! Mas por uma boa causa... muito trabalho e nas poucas horas vagas, dedicação total à dissertação. Finalmente terminei, a primeira versão já foi entregue, agora que venham as correções!

Estou um pouco em crise com Buenos Aires... quero praia! Sinto que preciso dar um mergulho no mar, sentir as ondas, a água salgada na pele, o sol queimando... Pensando nisso, coloco aqui duas fotos das últimas férias no Rio de Janeiro. A primeira é em Saquarema. Vocês sabiam que essa é a única igreja no Brasil que está assim numa elevação que dá pro mar? Verdade. Já foi até cena de novela por isso. Recomendo à todos que visitem Saquarema. Como o mar pode ser muito forte (é uma das paradas do campeonato de surf mundial quando passa pelo Brasil), ainda não ficou tão cheia como as outras praias da Região dos Lagos.

As outras fotos são de Arraial do Cabo. Sim, o paraíso existe, e fica ali, a poucas horas da cidade do Rio de Janeiro. Arraial é uma vila de pescadores que agora está virando moda. O mais fantástico desse lugar é o mar, tão maravilhoso que é um dos dois lugares do Brasil mais indicados para fazer mergulho, ao lado de Fernando de Noronha. Fomos a uma praia que pra chegar tem que caminhar uns 15 minutos, e é alucinante. O Ale, argentino, não podia acreditar que um lugar assim tão lindo era tão acessível. Nem eu.

Sou uma apaixonada pelo Rio de Janeiro e bastante suspeita pra falar, mas acho que é, decididamente, um dos lugares mais fabulosos do mundo. O Rio nunca deixa de te surpreender, seja na capital ou nos demais lugares do estado.

E aí eu fico matutando: por que eu larguei essa maravilha? É a nostalgia de verão...

Um comentário:

Renato Rosário disse...

Nem me fale em mar, Livinha...

Depois do nascimento da baixinha e desde que entrei nessa odisséia de concursos, nem sei mais o que é isso. A última vez foi em jan.2006 (saquarema, lembra? E também Morro de São Paulo).
Falando em mergulho, Morro de São Paulo-BA é espetacular! Dá pra mergulhar na maré baixa em piscinas naturais e ver peixe à vontade! Ê saudade!

Beijão!