sexta-feira, 11 de abril de 2008

Adoro filmes "cool"!

Mais uma vez, estrago o final de um filme. Se você não viu "Reality bites" (Acho que em português é "Caindo na Real"), não veja o vídeo aí de cima. Atenção: Este filme é dos tempos que a Winona era conhecida por ser uma boa atriz, e não uma cleptomaníaca.


Este é um dos meus lados negros: adoro esses filmes de jovens rebeldes-sem-causa que detestam tudo ao seu redor e ficam procurando alguma razão pras suas vidas... Fico pensando nessa necessidade que jovens como eu, que tiveram tudo na vida, temos de procurar algo que dê sentido para nossa existência.

Tenho esse sentimento dentro de mim de que sou uma eterna nômade, e o simples fato de estar estabilizada me dá pavor. Uma vez conversando com um amigo comentei que o meu grande medo era terminar minha vida numa daquelas casas de subúrbio de filme americano, com meus 2 filhos, marido e cachorro. Aí eu penso: qual é o meu problema? Essa possibilidade de vida simples... por que me assusta tanto?

Sei lá... só queria expor um pouco essa contradição que é a minha mente! Mas acho que, no fundo, eu sou o mais comum de todos os seres humanos: uma egocêntrica de 24 (quase 25!) anos.

Um comentário:

Inominada disse...

gente, agora fico imaginando, assistiu Kids e Confissão de Adolescente? Leu Hell? O problema é justamente ter tido tudo.
Beso, adorei o post das cores.