quinta-feira, 31 de julho de 2008

Paz e amor, eu?


Estou num momento de crise total, e isso é meio óbvio pela minha agressividade e acidez. Mas podia ser pior. Nem imagino o que seria de mim hoje sem a minha yoga. Vou 2 vezes por semana, uma terapia, de verdade. Além do bem físico que faz -durmo melhor, respiro absurdamente melhor-, tem o lado dos limites. Adoro ver como avanço cada dia mais e meu corpo vai conseguindo fazer coisas que eu nunca me imaginei capaz. Ou seja, é um desafio, estou superando limites próprios, entre eu e eu, e isso ajuda a estar melhor consigo mesmo, a se conhecer melhor.

Por isso eu recomendo yoga. Mas não sou dessas pessoas pentelhas que acha que porque é bom todo mundo devia fazer. Acho que quem quer, vai adorar. Porque é uma mudança em toda a vida, num estilo, e não apenas chegar lá e se esticar. Outro exemplo da mudança na minha vida: como muito menos coisas industrializadas e pesadas, pq meu corpo reage mal, e comecei a correr ao ar livre. E adoro, porque com a respiração controlada, é uma delícia!

Então, coloco aí embaixo para os que se interessam os tipo de yoga. Eu faço o Hatha Yoga, mas já fiz um sinistrão que é o Power, mas nesse momento preciso é relaxar, então, vamos ao Hatha!


O que é yoga?

Yoga

Yoga é a dissolução das alterações da mente. É um estado mental de supra-consciência onde o seu Self é dissolvido na "consciência cósmica". Você passa a ser o observador, o objeto obervado e a consciência sobre a observação. Tudo passa a ser uma coisa só. Para alcançarmos esta percepção diversas técnicas corporais e mentais devem ser incoporadas ao seu dia-a-dia e têm como objetivo a desobstrução do seu sistema nervoso. A mudança não ocorre de um dia para o outro, e independe de suas crenças, religião ou estudo, tornando a prática da Yoga o elemento fundamental para sua própria realização. Pratique Yoga !

Quais os tipos de Yoga que existem?

A prática da Yoga é muito antiga e é divida em tradições. Algumas tradições praticamente não existem no ocidente, ou são praticadas por grupos muito pequenos. As principais tradições praticadas do ocidente são:

Hatha Yoga. É a Yoga mais conhecida e difundida no ocidente.
É uma yoga vigorosa que tem como base principal o uso de
ásanas, mudras e bandhas para desobstruir o sistema nervoso.
Ashtanga Vinyasa. É a yoga com ênfase em Vinyasas, ou seja, em sequências fluídas entre os ásanas. Normalmente apenas após alguns anos de Hatha o praticante faz ashtanga, já que o preparo físico é um pré-requisito.
Iyengar. É a Yoga para os " perfeccionistas". Utiliza os mesmos ásanas da Hatha, porém a preocupação é com a precisão da postura. Para que esta precisão seja alcançada alguns elementos externos são utilizados: cadeiras, laços, fitas e etc.
Kundalini. É a yoga com ênfase em ásanas e canto de mantras para elevar a líbido (Kundaliní) do primeiro para o sétimo chakra. Kundaliní yoga e Kriya Yoga são yogas muito parecidas, porém a tradição Kundalini é uma versão menos rígida e por consequência mais conhecida. Kriya. É uma yoga onde o praticante executa uma sequência definida e fornecida por um guru. Existem 7 sequências (7 kriyas) e cada uma delas é fornecida apenas se o praticante atingiu proeficiência na kriya anterior. Não é uma Yoga para todo mundo... já que o praticante pratica sozinho e você pode ficar anos na mesma sequência, porém, algumas de suas técnicas são realmente MUITO potentes. É a Yoga para quem realmente quer "transcender".
Bhakti. É uma yoga devocional onde o praticante direciona seu amor para Deus.

quarta-feira, 30 de julho de 2008

Pimenta no ** dos outros...



Me deixa indignada ver o drama que os brasileiros fazem com a situação das Aerolíneas Argentinas atualmente. Tudo bem, esperar é um saco, vôos cancelados também, sem contar mal humor de funcionário (que normalmente estão é cansados de tanto mal trato). Agora acho muita cara-de-pau ver depoimento de brasileiro fazendo discurso contra a cia aérea dos outros depois do papelão que foi viajar de avião no país em 2006 e 2007.

Acho que todos devemos reclamar, exigir que cumpram nossos direitos, que devolvam o dinheiro gasto com alimentação etc, não me crucifiquem achando que defendo a Aerolíneas Argentinas, por favor! O que me irrita é essa posição de rebeldia como se isso fosse um problema exclusivo da Argentina. Que memória curta, minha gente, não tem nem 2 anos que éramos nós nessa situação!

Copio aqui um comentário de um leitor no blog Tangos e Tragédias, de uma jornalista da Folha de S. Paulo:

Martin
Querida Adriana: en diciembre del 2006 (habia comprado el pasaje en u$S 700) demore 24 horas en un vuelo de TAM para llegar de Brasilia a Buenos Aires. Nos tuvieron presos en el aeropuerto de Brasilia por 12 horas, con la Policia Federal de Brasil amenazando con detener a quien protestara, y nos embarcaron a Sao Paulo a las 4 AM (era para salir a las 7.42 PM). Sin ninguna informacion, ni alimentos, ni hotel pagos por TAM, recien embarque a las 1 PM en Cumbica a Ezeiza. Habia miles en los aeropuertos, sin ninguna atencion. Y Varig (es decir, Gol), tambien es un desastre. Te pierden las maletas, te maltratan, y cobranm carisimo por volar gracias al duopolio con TAM. Es decir, Aerolineas Argentinas es un desastre, IGUAL que las companias de Brasil. La diferencia? TAM y GOL cobran mas caro....!


Esse é o meu ponto. Vamos olhar pro nosso umbigo e reclamar, sim, mais sem esse cinismo de que isso é coisa de país em crise, certo?

Chega de vergonhas como a do Zeca Pagodinho, que reclamou tanto e o atraso foi de 4 horas em Barilche e 1:30 em Buenos Aires. Eu já tive mais de 5h de atraso na Gol, na Semana Santa perdi 2h em Porto de Galinhas por causa da TAM, e nas minhas duas viagens de Aerolíneas, foi super relax...

...mas pra ser escrota, aviso logo: minha irmãzinha chega na 6a e eu disse há 2 meses pra ela nem inventar de voar de Aerolíneas!

domingo, 27 de julho de 2008

Solteira na alma


Acho que ser solteira é um estado de espírito, mais do que um estado civil. Conheço várias pessoas que podem namorar e continuar solteiras, e me sinto parte desse grupo. Não que eu saia por aí traindo meu namorado, pegando geral, até porque ser solteira não é só dar pra todo mundo, né? Mas pela liberdade de poder fazer o que a gente quer, de ser independente, de no sábado à noite não ter que ver filme merda no cinema com o namorado pq sábado é noite de casal, e sair pra encher a cara com amigas e dançar a noite toda.

Depois de algumas relações escrotas, percebi que pra dar certo tem que ser solteira de espírito. Então por isso que me identifico com muitas respostas da lista abaixo, gentilmente roubada do blog Solteira(s) no Rio de Janeiro. É pra famosa pergunta "Por que você ainda está solteira?", no meu caso pode ser até pior, porque namorar sério e não casar em uma certa idade significa que tão te enrolando. Nem acho que já estou nessa certa idade, mas acreditem, escuto MUITO essa pergunta.

E não me sinto enrolada, acho até que eu enrolo, porque não tenho vergonha de gritar e assumir: MORRO DE MEDO DE CASAR! De viver em uma casa cheia de criança gritando suja de comida, ficar contando cada centavo antes do fim do mês, separar briga de filho, limpar cocô de cachorro... sei que tem um lado muito bom nisso tudo, eu por exemplo amo minha família, minhas lembranças são quase todas boas, mas acho que isso porque lá em casa nós 5 sempre tivemos um humor negro bem escroto, mesmo. Lembo que tive um namorado que era um fanático religioso (história mais batida...) e que meus irmãos riam quando eu falava que ele não ia no aniversário de fulano domingo à tarde porque tava na missa. Somos uns escrotos, eu sei, e só aceito ter uma família se for pra seguir essa escrotidão. Meu maior medo é terminar numa casona tipo aquelas de subúrbio de filme norte-americano, pagando hipoteca, com carro grande pra caber a tropa toda. Não, não desejo nem pro meu pior inimigo.

Tá, tudo isso pra explicar que sou solteira de alma, e por isso não quero casar e uso várias das respostas abaixo.

PS1: Só pra depois não escutar ninguém falando "Ah, mudou de idéia": só caso por questões legais, já que o Ale é estrangeiro, e isso pode facilitar muitas coisas pra gente. E só faço festa pra encher a cara e ganhar presentes, já que como todos sabemos, sou a esquerdista mais materialista que existe.

PS2: Nada contra casamentos alheios, se você quer casar, POR FAVOR ME CONVIDE, adoro as festas e a comida dos casamentos! Só não fique esperando pelo meu...

Agora podem ler a lista!

1. Pois é, ainda não casei. Veja só... não dá pra confiar nesses serviços de macumba! E ela me garantiu que a pessoa amada viria em três dias!
2. Porque você ainda não pediu minha mão!
3. O Johnny Depp/ Brad Pitt/ Tony Ramos já está comprometido...
4. Eu fico péssima de branco. - MINHA PREFERIDA!
5. Porque eu tenho sorte, ora!
6. Para dar a minha mãe uma razão para continuar viva.
7. Estou esperando meu noivo sair do coma... (e começa a chorar)
8. Eu ainda tenho esperanças de ganhar o concurso de Miss Brasil.
9. Meu noivo só está esperando sair a liberdade condicional.
10. Resolvi deixar para quando tiver a sua idade!
11. Nós estamos loucos para casar, mas a esposa do meu namorado não gosta da idéia.
12. Na verdade, eu não sei. Mas e você, porque você não emagreceu ainda?
13. É que acabou de abrir um bar de solteiros fantástico pertinho lá de casa.
14. Eu não preciso do dobro de roupa suja, obrigada.
15. É que eu escolhi casar com a minha carreira. Se bem que nos últimos tempos a gente anda à beira de um divórcio...
16. Estou esperando minha namorada fazer a operação de troca de sexo.
17. Estou esperando regularizarem o casamento homossexual no Brasil.
18. É que eu sou ninfomaníaca. Ninguém agüenta o meu ritmo!
19. A minha religião não permite.
20. Estamos esperando a conjunção perfeita de Marte com Urano, numa noite de Lua Cheia. E isso só deve acontecer lá para 2145...
21. É que eu sou celibatária...
22. Resolvi me converter e me interno em um convento na semana que vem.
23. O estatuto do meu condomínio proíbe maridos nos apartamentos
24. Como? E acabar com o frio na barriga das saídas de sábado à noite?
25. É que eu amo ouvir essa pergunta...
26. Meu noivo foi extraditado. - POSSO USAR QUE TODOS ACREDITAM!
27. Ele ainda não tem idade, mas assim que fizer 18 anos no ano que vem, nós casamos. - PIOR QUE ESSA TAMBÉM ACREDITAM...
28. Meu namorado é senador e é réu em duas CPI´s...Quando ele tiver limpo a gente casa
29. Casamento? Não, obrigada, sou adepta do sexo de qualidade sete dias na semana.
30. E por que eu faria isso? Pra embagulhar como você??


Versão masculina:

- Porque sua irmã está me enrolando há séculos. Quando ela quiser, a gente casa.
- Pra falar a verdade, fiz uma promessa. Só quando eu chegar ao número mil de quantas eu já comi, aí eu caso.
- Como pra mim, casar é sinônimo de game over, eu ainda estou ganhando no jogo!
- Pra que? pra deixar minha barriga crescer e ficar igual a sua? - MUITO BEM!
- Não obrigado, ainda prefiro deixar a mulher em casa depois de uma!
- Ainda não estou preparado psicologicamente para lavar, passar e cozinhar pra dois. Se já é difícil só pra mim, imagina casado! - ATÉ PARECE!!!

sábado, 26 de julho de 2008

"La reina del Plata" recebe minhas visitas



Uma das melhores coisas de morar em Buenos Aires são as minhas visitas. Amigos, família e amigos de amigos que estão sempre aproveitando o cambio favorável pro real e me visitam.

Muitas vezes não posso aproveitar tanto como quero, tenho que estudar, trabalhar e tudo mais, mas faço o possível pra mostrar minha versão dessa cidade que amo tanto.

Adoro quando escuto "Nossa, Buenos Aires pra turista é linda, mas com essa visão de morador é fenomenal!". E é verdade. Morar aqui é uma delícia, mesmo com todos os problemas e loucuras dos argentinos, que no fundo eu adoro. Você nunca vai se sentir monótono aqui, pode ter certeza. Tem sempre algo pra fazer, alguma coisa acontecendo na política, é um lugar que não para nunca.

sem falar na parte gastronômica... como tanto aqui que as pessoas que me conheceram no Rio não me reconhecem. Tudo é maravilhoso, carne, massas, sorvete, pães... manter a cinturinha é complicado.

Mas aí chegamos a outro ponto: caminhar por Buenos Aires. A cidade é plana e bastante seguro, o que permite fazer quase tudo a pé. Eu caminho sempre que posso, às vezes gasto uma hora e meia pra chegar em algum lugar porque vou caminhando, e adoro. Pra quem está acostumada com o Rio de Janeiro -que não só pela violência, mas pela geografia não permite caminhar dessa maneira para ir de um lugar a outro-, ter essa liberdade de que meus pés, e mais ninguém, me levem pra onde quero ir é muito bom.

Estou assim meio nostálgica porque ontem foram embora visitas muito especiais. Tive dias maravilhosos que me deixaram com muita saudade do Rio de Janeiro e dos meus amigos de lá. Mas já estou preparando a casa porque semana que vem já chega a nova safra. E eu já desisti de fazer dieta!

segunda-feira, 21 de julho de 2008

História do Rio - Colégio Pedro II

Morro de saudades... e logo no CPII que eu estudei. Lindo demais.

Babo o maior ovo!

Os Memes

Existe uma coisa no "mundos dos blogs" chamada Memes que eu não entendo muito bem. A pessoa te manda um Meme e você deve responder umas perguntas que ela já respondeu no seu próprio blog. Eu lembro daqueles e-mails que mandávamos com uma lista de coisas pra responder sobre cada um. Bom, o fato é que recebi um Meme (já tinha recebido antes, mas juro que não entendia bem o funcionamento da coisa!) da Carla e resolvi responder dessa vez. Espero fazer certo!

Ah, e temos que passar adiante... sei que essas pessoas não vão me dar a mínima bola, mas passo só pra ver a reação e criar situações constrangedoras:


* Quatro empregos que eu já tive:


1.Monitora/Professora de História
2.Assistente Comercial
3.Tradutora
4.Membro da equipe de conteúdos de uma consultora de comunicação

* Quatro filmes que eu assisto sempre que passam:

1.Alta Fidelidade
2.Amélie Poulain
3.Simplesmente Amor
4.Orgulho e Preconceito


* Quatro lugares que eu já morei:
1.Bauru
2.Rio de Janeiro
3.Buenos Aires
4. (Só morei em 3)

* Quatro programas de TV que eu gosto:
1.CQC Argentina
2.Sex and the City
3.Gilmore Girls
4.Seinfeld


* Quatro pessoas que me mandam e-mail regularmente:
1.Minha irmã, minha prima Natália e minha amiga Jú (contam como uma só pq mandam em cadeia)
2.Meu namorado
3.Minha mãe
4.Meu pai

* Quatro coisa que você faz todo dia sem falta:
Fora as óbvias relacionadas à higiene e alimentação:

1.Vejo e-mail
2.Leio jornal
3.Vejo TV
4.Mudo de opinião

* Quatro comidas favoritas:

1.Chocolate
2.Empanada
3.Camarão, especialmente o pastel de camarão com catupiry do Belmonte
4.Queijo

* Quatro lugares onde eu gostaria de estar:

1.Tilcara, no norte da Argentina
2.Arraial do Cabo
3.Rio de Janeiro
4.Com o Ale

* Quatro pessoas que eu desafio:
Essa é a parte que acho que ninguém responde

Túlio, Aires Buenos (imagino que com a ironia dele ia ser hilário!)
Tato, Fanático por quadrinhos
Ciana, Tenemos pero no hay
Julieta, Princesa do Jardim

domingo, 20 de julho de 2008

No escurinho do cinema argentino... também acontece política.

Dia 08 de julho tive um dia bem típico de identidade política da Argentina.

Fui estudar na Biblioteca do Congresso Nacional e quando cheguei, por causa do conflito entre campo e governo, as ruas principais estavam fechadas. Meu ônibus me deixou um pouquinho mais longe e fui andando. Em frente ao Congresso acontecia uma manifestação contra os dois, governo e campo, batucando, gritando nos microfones, um barulhão. Mesmo assim fui pra biblioteca, e passei a tarde toda escutando a manifestação, que teve até música com danças típicas.

Na saída resolvi atravessar a praça e ir ao cinema. Fui ver um filme sobre o movimento peronista, 1973, un grito de corazón.


El film combina documental y ficción para narrar la historia del peronismo revolucionario. La película relata la incorporación al movimiento de una nueva generación de militantes y de Montoneros, organización que irrumpió a principios de la década del 70 en la vida política argentina.


O filme é muito interessante, como historiadora me enlouqueci com as imagens, e até me emocionei com as cenas do Bombardeio da Plaza de Mayo. Mas eu tava na Argentina, e algo tinha que acontecer. Em um momento aparece a imagem do Perón e um discurso famoso em tempos de exílio, sobre a revolução popular e coisas assim, e nesse momento um senhor atrás de mim levanta e, no escurinho do cinema e grita:

"¡VIVA PERÓN!"


Acabou com o meu filme, claro. Nada podia ser melhor que essa manifestação aí, ao vivo. Isso é o dia-a-dia aqui no país do piquete.

sexta-feira, 18 de julho de 2008

Acabou? Será?


Há mais ou menos uma hora a presidente da Argentina, Cristininha K, revogou a lei 125, que gerou tanta polêmica e um conflito de mais de 100 dias (exatamente 129) entre Campo e Governo que dividiu a sociedade argentina.

Alguns vão pensar: "Pronto. Acabou". Será? Olha, 3 anos e meio morando aqui me ensinaram algo: não duvide de nada na Argentina. Sério. Vamos ver qual é a próxima crise...

Por enquanto, já que eu não tomo vergonha na cara, copio a cronologia que a Folha de São Paulo fez sobre a crise, para explicar de uma vez por todas porque tanta confusão! Se preferem algo mais detalhado, aqui em castelhano.

(Na foto, o "adeus" de Cristininha à sua querida lei)

-11 de março: Após dois dias de bloqueios aos portos por parte dos produtores agropecuários em protesto pela proibição de exportar trigo, o governo anuncia um novo esquema de impostos às exportações de grãos, cuja taxa varia em função dos preços internacionais.

-13 de março: As quatro entidades que reúnem os produtores agropecuários iniciam um locaute reforçado com bloqueios de estradas em vários pontos do país.

-20 de março: O sindicato de caminhoneiros envia representantes aos bloqueios para forçar os agricultores a permitir o trânsito do transporte de carga.

-25 de março: A presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, condena o protesto e rejeita o que qualifica como uma "extorsão" iniciada pelo setor rural.

Em Buenos Aires e nas principais cidades do país, o governo de Cristina ouve seu primeiro panelaço. Setores aliados à situação vão à Praça de Maio para impedir a passagem de manifestantes contrários ao projeto, o que gera alguns incidentes.

-26 de março: O governo adverte que enviará as forças de segurança aos bloqueios para liberar as estradas. Novos panelaços são ouvidos durante a noite em Buenos Aires.

-27 de março: O desabastecimento de alimentos básicos é sentido nas principais cidades do país. Cristina convoca os produtores para dialogar, mas condiciona a negociação ao fim dos bloqueios. O convite é bem recebido pelas quatro entidades agropecuárias.

-28 de março: Os produtores suspendem os bloqueios e é aberta uma mesa de negociações com o governo, que fracassa em função da falta de acordos. Os produtores retomam os bloqueios.

-31 de março: O governo anuncia compensações para pequenos produtores agropecuários, que na prática ficam isentos da alta dos impostos. As organizações agropecuárias reagem com cautela e ratificam a continuação da greve até 2 de abril.

-1º de abril: Agrupamentos sociais, políticos e sindicais convocam um ato na Praça de Maio em respaldo ao governo de Cristina. Os produtores agropecuários permitem o trânsito de caminhões com alimentos perecíveis, como lácteos e hortaliças.

-2 de abril: As patronais agrárias anunciam a suspensão por 30 dias do locaute e os bloqueios de estradas para retomar as negociações.

-6 de abril: O governo denuncia à Justiça as entidades do campo por "violar as leis de abastecimento e da segurança" e por "impedir o funcionamento normal do transporte", após o locaute de 21 dias e os protestos do setor.

-11 de abril: O governo retoma as conversas com as patronais agrárias.

-17 de abril: As duas partes concordam em garantir o fornecimento para provocar a queda dos preços dos cortes de carne populares, e para levantar as restrições à exportação do produto.

-18 de abril: O governo formaliza o começo do esquema de reintegrações e subsídios para pequenos e médios agricultores.

-30 de abril: Os produtores e o governo chegam a um acordo para retomar as exportações de carnes e trigo.

-2 de maio: As patronais agropecuárias retomam os protestos, mas sem bloquear estradas nem retomar o locaute, à espera das negociações.

-5 de maio: As autoridades argentinas retomam a exportação por quotas de carne de bovino.

-6 de maio: As entidades do campo se reúnem com o governo e asseguram que o Executivo admitiu que houve erros na aplicação do novo esquema tributário, o que foi desmentido horas mais tarde pelas autoridades.

-7 de maio: As entidades agropecuárias suspendem a comercialização de grãos para a exportação até 15 de maio, e se manifestam nas margens das estradas, mas garantem o fornecimento de alimentos. O protesto continua até 21 de maio.

-17 de maio: Empresários, banqueiros e legisladores pedem que o governo e o setor rural retomem o diálogo, diante de sinais da irritação da sociedade pela demora do conflito.

-19 de maio: As entidades rurais anunciam que a partir de 21 de maio retomarão a comercialização de grãos para a exportação como gesto para o reinício das negociações.

-23 de maio: governo e patronais agropecuárias retomam as negociações. A reunião termina com declarações oficiais de otimismo e uma clara inconformidade do campo.

-25 de maio: O setor rural convoca cerca de 300 mil pessoas em Rosário (centro da Argentina) para reivindicar o veto à alta dos impostos sobre as exportações de grãos.

-26 de maio: O governo rompe as negociações em função do "tom opositor" do ato em Rosário.

-28 de maio: O campo volta a não comercializar grãos com destino à exportação.

-29 de maio: O governo anuncia uma correção do esquema de impostos sobre as exportações de grãos, mas as mudanças não satisfazem o setor rural.

-17 de junho: O governo envia o decreto de alta tributária ao Congresso para sua discussão.

-5 de julho: O Parlamento, de maioria governista, aprova a iniciativa governamental por 129 votos a favor, contra 122 da oposição, e envia o decreto ao Senado para sua discussão.

-15 de julho: As grandes mobilizações convocadas a favor e contra a política governamental no conflito do campo provocam colapso em Buenos Aires.

-16 de julho: O governo sofre um duro revés após a rejeição do projeto no Senado, com o voto decisivo dado pelo vice-presidente do país, Julio Cobos.

quinta-feira, 17 de julho de 2008

"O dia depois de amanhã"

"La Presidenta de los argentinos nos va entender. Me va a entender. Porque no creo que sirva una ley que no de la solución a este conflicto.

"La historia me juzgará, no se cómo. Pero espero que esto se entienda. Soy un hombre de familia como todos ustedes, con una responsabilidad en este caso.

"Que la historia me juzgue. Pide perdón si me equivoco. Mi voto no es positivo".


Hoje é o dia seguinte. Foi ontem, num total de 18h de discursos, a votação do Senado sobre a tal das "retenções" que rachou completamente a Argentina. Em Palermo os "homens do campo" acompanhavam por um telão; em frente ao Congresso Nacional, na praça, os manifestantes em apoio ao governo. Todos numa ansiedade que só teve fim às 4:15 da manhã.

O mais incrível de tudo foi a ironia. Terminou empatado, 36 a 36. E quem deu o famoso voto de minerva foi o vice-presidente Julio Cobos. A irônica surpresa? Ele votou CONTRA as retenções, ou seja, contra o governo. As palavras que abrem esse post são parte de seu discurso.


A Argentina hoje é um país diferente de ontem. Ainda não dá pra saber bem os efeitos, mas uma coisa é certa: foi uma grande derrota política dos K.

terça-feira, 8 de julho de 2008

Adimirando em silêncio



Domingo acordei e ao ligar a tv para ver a temperatura fiquei quase uma hora muda, só admirando as imagens transmitidas por vários canais: a ruptura da Geleira Perito Moreno, que pela primeira vez na história ocorre no inverno.

Sei que isso pode ser conseqüência do aquecimento global (é o mais provável, segundo os cientistas), mas é impossível olhar pra essas imagens e não ficar maravilhado.

Pros que não sabem, essa é a "história" do Perito Moreno:

A Geleira Perito Moreno localiza-se na Argentina e está situada entre os 47º e 51º de latitude sul. Ela se estende desde o Campo de Gelo Patagônico Sul, na fronteira entre Argentina e Chile, até o braço sul do Lago Argentino, possuindo 5km de largura e 60m de altura. Seu nome é uma homenagem a Francisco Moreno, criador da Sociedade Científica Argentina e um renomado pesquisador da região austral daquele país. A Geleira Perito Moreno é considerada uma das reservas de água doce mais importantes do mundo.

É uma das geleiras mais imponentes e já foi chamada de a "oitava maravilha do mundo", devido à vista que se tem de seu topo. Localizada em uma zona rodeada por bosques e montanhas, está dentro do Parque Nacional Los Glaciares, criado em 1937 na Província de Santa Cruz, localizada ao sul da Argentina. Esse parque, de 724.000 hectares possui um total de 356 geleiras.

Em diversos pontos de sua extensão, a geleira represa as águas do Lago Argentino, fazendo com que esse atinja uma altura de até 30 metros. Neste ponto a água começa a fazer pressão sobre o gelo. Essa pressão cria um túnel com uma abertura de mais de 50 metros, por onde as águas do Rio Braço acabam descendo até o Lago Argentino. A pressão da água provoca um desabamento na borda da geleira, formando um espetáculo incrível. Esse processo se repete ao longo de intervalos irregulares: o último desabamento ocorreu em 13 de Março de 2006, dois anos após o desabamento ocorrido em 2004, sendo que o anterior ocorreu somente 16 anos antes, em fevereiro de 1988. Os turistas podem observar o fenômeno a 400 metros de distância, em instalações especialmente construídas para este fim.

Também é possível caminhar sobre a geleira, desde que se use sapatos e roupas adequados e acompanhado de guias especialmente treinados.

Fonte: Wikipédia


Normalmente o rompimento acontece nas épocas de mais calor, entre novembro e abril, e a última vez foi em março de 2004, segundo o site oficial. Aliás, como esse ano aconteceu fora da remporada alta e não dava para aumentar o número de vôos para a ida de turistas, o governo da província de Santa Cruz fez uma página onde se pode acompanhar o rompimento. Tem uma versão em português, cheia de erros, claro, mas vale a pena.

Atualizando:

Acabei de ler isso no La Nación. é impressionante como esse jornal sempre acaba com os sonhos da gente, tirando a poesia das coisas...

A tres días de iniciado el proceso del rompimiento, ayer ingresaron en el parque 567 personas para disfrutar del sol que, durante algunas horas, coloreó el glaciar, pero que no sirvió para ahuyentar el frío. Anoche, una intensa nevada volvía a caer sobre el hielo.

El proceso se inició el viernes a la mañana, cuando una fisura en el dique de hielo que separa el Canal de los Témpanos y el Brazo Rico dejó filtrar las primeras gotas de agua, que había logrado un desnivel de casi 9 metros entre los dos lagos.

Si bien los últimos rompimientos -los de 1988, 2004 y 2006- se dieron en los meses de febrero y marzo, que coincide con una época de alta temperatura para la región, el actual fenómeno sorprende en pleno invierno, aunque ya habría un antecedente en julio, en el año 1951.

El último rompimiento, con el derrumbe total del puente de hielo, ocurrió en la madrugada del 14 de marzo de 2006, cuando unos 10.000 visitantes acudieron al lugar durante el proceso.

quinta-feira, 3 de julho de 2008

Atualizando: muita coisa pra ser só quinta-feira!

Não sei se foi a emoção da final da Libertadores (e início da campanha "Thiago Neves pra prefeito do Rio!") ou se foi o caso do Rafael Ilha, mas ontem deixei passar várias coisas interessantes que hoje estou reconsiderando ao reler os jornais.

1. Cara, o Uribe resgatou a Ingrid!! Como assim? Tudo bem que ele quis aparecer pro McCain, mas pô, meio idiota resgatar no dia da final da Libertadores, não acham? E o campão logo o time do Equador, país que por causa da tal das FARC quase entrou em guera com a Colômbia. Acho que tudo isso fez parte do complô que o presidente do Fluminense está tentando criar envolvendo o juiz argentino. Não acham tudo isso muito estranho:



Liberam a Ingrid + juiz argentino = LDU campeão da Libertadores

Isso não pode ser uma simples coincidência.


2. E a Isabeli Fontana na Hebe, dizendo que não quer que o filho seja gay? Acho que ela é das que acredita que é hereditário, por parte de pai, claro. Mais um vez, ninguém entende nada e eu vou explicar. Ela quis pegar uma carona no sucesso da Sarah Jessica Parker, lembram daquele filme bobinho que ela fez com a Claire Danes, que elas são irmãs - Tudo em Família? Então, tem uma cena no filme que a Sarah diz mais ou menos a mesma coisa que a Isabeli, quem viu o filme pode confirmar:

Disse que não gostaria de ter um filho gay porque sei como eles sofrem com o preconceito. E nenhuma mãe gosta de ver seu filho sofrer - Isabeli


Nem todos os personagens da Sarah são a Carrie, Isa. Pegou mal.


Ah, e entrego logo: a Isa falou mal da celulite da Kurkova. Pois é. Tava se achando... mas mexeu com a mulher errada. E ai deu nisso. E sabe qual é a parte mais humilhante pra Isa? É que o vídeo dela falando merda é o mais visto, desbancando... a mulher melancia andando de bicicleta!

Gente, não dá... se LIGA! Vamos voltar pro complô contra o fluminense, né?

Aí, se LIGA

Thiago Neves pra prefeito do Rio. Tudo bem que ele perdeu o pênalti, mas 3 gols numa final... ele até achou que ele era o Riquelme! Só esqueceu que jogava no Fluminense...


Entre as opções atuais, eu aposto na candidatura do Thiago Neves. Se LIGA que ele é a salvação. É só não deixar o jogo ir pra prorrogação e não colocar o Dodô que ele é pé-frio bagaralho!

Ai, nada como rir da desgraça alheia... SE LIGA!

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Dá Pra Mim!!

José Simão costuma dizer que o Brasil é o país da piada pronta. Acho que é uma das maiores verdades já ditas. Hoje fui fazer meu ritual matinal de ler jornais na Internet com meu café-com-leite ao lado e não pude acreditar na manchete da Folha de São Paulo:


Achei que era erro virtual e repetiam a matéria, sei lá. Mas em nenhum momento tive dúvida de qual ex-polegar se tratava: Rafael Ilha, afinal, existe outro ex-polegar?

Tipo, é piada mais que pronta, não?

Aí na parte de baixo da reportagem, no "leia mais", onde deveriam estar temas relacionados ao assunto encontramos:

Leia mais


Tudo sobre drogas, viciados, outras das que aprontou o polegar e... "LIVRARIA: Aprenda inglês, espanhol, francês e outros idiomas com séries de livros"!!! Devem se achar os espertos: "Mensagem subliminar, o cara vai tá interessado em saber mais sobre drogas, sobre o Gabeira (não vamos abusar achando que alguém vai querer saber mais sobre o ex-polegar, né?) e aí de repente lê sobre livros de idiomas e decide comprar!". Nessa lógica, melhor considerar que ele vai comprar seu consumo de maconha também, né?

Desisto, numa boa.

Mas meu orgulho pessoal é que estou tão viciada no Te dou um dado? que já penso como eles: tinha certeza que a notícia do Rafael ia estar lá. Não me enganei.

PS: O vídeo é uma paródia muito boa do "sucesso" do grupo, "Dá pra mim". Ah, e eu que adorava aquele filme Uma escola atrapalhada, elenco de primeira: Angélica, Supla e Polegar! Gravado lá no São José da Usina. Pérolas e mais pérolas... acho que isso rende mais uns 3 posts!

terça-feira, 1 de julho de 2008

Sem tv a cabo... mas com CQC!

Ontem foi meu último dia de tv a cabo. Quer dizer, eu cancelei, mas minhas experiências anteriores mostram que a preguiça de tirar o sinal é grande: no outro ap eu tirei a tv a cabo em setembro/06 e tá lá até hoje, só não chega a revista.

Mas tudo bem se tirarem, as besteiras que passam não vale os 90 pesos. Até porque, o melhor programa é na tv aberta: CQC!!

Esse é o vídeo do top 5 de ontem. Cara, chorei de rir, de verdade, com o posto 5. Sei que o vídeo é longo, mas vejam pelo menos o início. É muito bom!!

Mas todo o top 5 fale a pena, o programa é muito, muito bom, não é a toa que já existem versões pelo mundo todo. E vi a brasileira e gostei muito também.

Super recomendo: segunda 22:30, é hora de CQC!